segunda-feira, 19 de outubro de 2009

O CÉREBRO EM DEFESA

Como sua cabeça despeja hormônios no corpo quando percebe qualquer risco





EFEITO GRADATIVO
A intensidade do estresse e o tempo de exposição a essa tensão constante levam a mudanças na estrutura das células nervosas capazes de matá-las.

O CÉREBRO INDEFESO
Quando os hormônios do estresse nunca dão um tempo, os neurônios acabam se matando



Fonte: http://saude.abril.com.br/edicoes/0281/bem_estar/conteudo_206506.shtml