sábado, 20 de fevereiro de 2010

O Playback do Hino de Tucuruí.

Lembro-me na escola, quando eu cursava o ensino fundamental em Tucuruí, mais especificamente na década de 90. Os alunos, os professores inclusive eu, cantavam o Hino Nacional, do Pará e de Tucuruí, antes do início das aulas. Era um momento empolgante, alguns alunos eram escolhidos aleatoriamente para hastear cada bandeira (nacional, estadual e municipal) onde todos viam o término do hino acabar o a bandeira lá no alto. Os alunos “se soltavam” de tal maneira que o único jeito era mesmo cantar junto com os outros. Os gestos labiais eram condenados sob o risco do aluno cantar sozinho sob os holofotes de todos, nunca vi isso acontecer.

Atualmente, esse hábito se perdeu e não é tão popular na maioria das escolas municipais e estaduais. Os hinos estão adormecidos e “fossilizados” na última capa dos livros didáticos, qualquer um pode encontrar facilmente.

E não é por falta de lei, segundo a Lei Orgânica Municipal de Tucuruí, Art. 222 O ensino municipal será ministrado com base nos seguintes princípios:(...)
IX - obrigatoriedade do ensino e da execução dos Hinos Nacional, do Estado do Pará e do Município, nas escolas públicas e privada;

Os cantos dos hinos patrióticos estão adormecidos até mesmo em abertura de eventos “importantes” onde qualquer um pode participar. O que ouvimos é a música gravada ser tocada até o final e durante o percurso. O que se percebe são muitas gesticulações labiais apáticas, tristes e desanimadas por todos.
Em uma situação muito inusitada, muitos preferiram cantar a “versão do Hino Nacional de Vanusa” que virou “febre” na internet. Muitos acharam “adequado” no cenário da crise política, econômica e educacional que passamos.
Assista você mesmo:




E não pára por aí. Certa vez presenciei a abertura de um evento. Iriam tocar do Hino de Tucuruí. E Tocaram o CD! Todos ficaram abismados! Por quê? Era um playback do Hino de Tucuruí! e agora? Todos ficaram impotentes e atentos esperando sair da fita a voz de uma pessoa cantando e... nada!. Só souberam disso após o término. Foi um momento de sofrimento para todos. Ninguém sabia a letra e nem cantar, alguns lembraram do refrão e depois... vinha um silêncio consentido. Eu estava lá, imediatamente me lembrei dos tempos da escola, cantei o máximo que pude e o que vinha na reminiscência. Era um fatídico "Deitado eternamente em berço esplêndido...". Houve até alguns sussurros de algumas pessoas no que se tornou um mico impagável. No final não houve reflexão e medidas para melhorias para que isso não possa acontecer.

Ainda lembro da música e da letra em que eu cantava nos momentos nostálgicos da escola. Tenho certeza de que ficou um momento patriótico e de respeito pelo país, estado, município e família.
O Hino de Tucuruí ficando cada vez mais esquecido!

Hino do município de Tucuruí
Letra: por Padre Mateus
Melodia: por João Leite

Tucuruí, cidade querida
Cheia de encanto, luz e calor
Teus filhos se empenham na lida,
Com coragem, com fé e grande amor.

Tucuruí, Tucuruí,
Dedicamos-te louvor
O fulgor de tuas matas
Irradia luz e amor.

Saudamos os teus pioneiros
Que com denodo varonil
Trabalham felizes altaneiros,
Pela paz e grandeza do Brasil.

Tucuruí, Tucuruí,
Dedicamos-te louvor
O fulgor de tuas matas
Irradia luz e amor.

Nas lutas constantes da vida,
Muitos heróis se erguem à ti
Trabalhando por um mundo melhor,
Por vir do Brasil, Tucuruí.

Tucuruí, Tucuruí,
Dedicamos-te louvor
O fulgor de tuas matas
Irradia luz e amor.

Tucuruí, nome indígena,
Cidade que oferece tradição,
Seja sempre teu solo querido,
Mundo de paz de amor e união.

Tucuruí, Tucuruí,
Dedicamos-te louvor
O fulgor de tuas matas
Irradia luz e amor.

Fontes:
http://pt.wikisource.org/wiki/Hino_do_munic%C3%ADpio_de_Tucuru%C3%AD http://www.youtube.com/watch?v=4VGDhOxmZZI