quinta-feira, 15 de abril de 2010

Obama quer enviar astronautas para a órbita marciana em 2035

O presidente americano, Barack Obama, disse esta quinta-feira que deseja que os Estados Unidos enviem astronautas para a órbita marciana por volta de 2035, prazo que serviria para os preparativos da missão, e afirmou que espera estar vivo para ver a façanha realizada.

"Por volta de 2025, esperamos que novas naves espaciais projetadas para longas viagens nos permitam dar início às primeiras missões tripuladas além da Lua, rumo ao espaço profundo", disse Obama a uma plateia reunida no Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

"Portanto, começaremos enviando astronautas para um asteróide pela primeira vez na história. Em meados da década de 2030, acredito que poderemos enviar humanos para a órbita de Marte e trazê-los de volta com segurança à Terra. Pousar em Marte virá a seguir", acrescentou.

100% comprometido com futuro da Nasa

O presidente americano disse ainda que está "100% comprometido" com o futuro da Nasa (agência espacial americana), ao tentar marcar um novo curso para o porvir das viagens espaciais dos Estados Unidos.

O presidente americano faz visita relâmpago a Cabo Cañaveral, coração da indústria espacial americana, para revelar seu novo plano para o futuro da agência espacial americana, após ser duramente criticado por desistir do custoso projeto Constellation.

"Como presidente, acredito que a exploração espacial não é um luxo, não é uma reflexão tardia na busca da América por um futuro com mais esplendor. É parte essencial desta busca", disse Obama no Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

"Estou 100% comprometido com a missão da Nasa e com seu futuro", reforçou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário